Estudo apresenta a TI no Brasil, na visão do CIO | E-Consulting Corp.
Grupo ECC E-Consulting Corp. DOM Strategy Partners Instituto Titãs Inventures

E-Consulting avalia, entre os 87 CIOs das maiores empresas do país, como a TI é vista por eles e pela empresa, bem como quais serão os direcionadores estratégicos e metas para 2010-2011

O  TechLab, laboratório de pesquisas e análise de tecnologias da E-Consulting Corp. apresenta um estudo inédito que mostra o mindset dos executivos de TI sobre os temas mais relevantes para a área de Tecnologia da Informação, bem como suas intenções para 2010-2011.

Na área de tecnologias e processos a serem adotados em 2010-2011, foram encontrados os tradicionais ERP, BI, CRM, Gestão de Projetos e Contratos e Governança como as principais apostas dos CIOs, o que mostra a preocupação atual com entrega, qualidade, controle de custos e respeito a prazos e escopos. Já as questões ligadas à inovação via TI e Internet ficaram para segundo plano.

Outro ponto em destaque é a importância dada ao papel da área de TI na arquitetura corporativa, em que o estudo avaliou que apesar de depender do setor de atuação, do tamanho, do perfil de uso da TI e da origem da empresa, questões como estruturação de modelos de shared services, gestão de outsourcing, transformação no modelo operacional da TI (SOA, Cloud, Virtualização, etc) e participação estratégica da TI na empresa devem assumir maior relevância. Daniel Domeneghetti, sócio-fundador da E-Consulting e coordenador do estudo, ressalta que “identificar, qualificar e reportar o valor gerado e protegido pela TI para os negócios é o grande desafio dos CIOs nos próximos anos”. O executivo destaca ainda que, apesar desta relevância, para 22% das empresas, a TI ainda assumirá um papel prioritariamente de suporte – e continuará assim.

Seguem os highlights mais evidentes do estudo, com os resultados rankeados por índice de citação:

Âmbito Estratégico da TI


Principais direcionadores estratégicos associados às metas de TI para 2010-2011

•    Redução de custos – 45%
•    Maximização de performance das tecnologias existentes – 30%
•    Alinhamento das diversas estratégias de negócios – 24%
•    Suporte ao crescimento da empresa – 23%
Visões do posicionamento estratégico interno da TI na empresa
•    TI se integrando à área de operações – 44%
•    TI integrada à formulação da estratégia da empresa.- 29%
•    Adoção do modelo shared services incorporando TI – 33%
Importância da TI na empresa (respostas afirmativas)
•    Desenvolvimento e aprimoramento da TI (infra-estrutura, sistemas, governança) trazem redução de custos e ganhos de performance relevantes – 87%.
•    A maior parte dos processos de negócios internos e com o mercado acontecem de forma automatizada e/ou online – 58%
•    Se o tempo de resposta da TI (infra-estrutura e sistemas) aumentar em 20%, as conseqüências internas e externas são significativas – 47%
•    Se a malha de TI (sistemas e infra-estrutura) falhar por 5 minutos ou mais, existe perda relevante para os negócios- 41%
Principais abordagens para mensuração dos resultados de TI
•    Controle de orçamento – 69%
•    Aplicação de business case – 62%
•    ROI – 41%
•    Satisfação do usuário final (pesquisas) – 33%
•    TCO – 33%
•    Gestão do valor da TI para os negócios – 17%
•    BSCTI – 14%
Principais metodologias de gestão (a serem) adotadas para a área
•    Modelos próprios de Governança de TI (híbridos e customizados com melhores práticas advindas de ITIL, CobIT, etc) – 69%
•    Gestão de projetos: PMI – 62%
•    Gestão de contratos internos (SLA) – 58%
•    ITIL – 43%
•    CobIT – 32%
Aplicações principais da TI para inovação e diferenciação
•    Tecnologias para relacionamento com clientes – 44%
•    TI para melhoria de processos – 41%
•    Tecnologias de mobilidade – 35%
•    TI suportando inovações no modelo de negócios – 32%
•    Tecnologias para ganhos de conhecimento – 28%
Tecnologias mais valorizadas como potenciais geradoras de inovações
•    Mobilidade Corporativa – 41%
•    SOA – 40%
•    Tecnologias/Plataformas Transacionais e Novos Canais – 37%
•    CRM – 35%
•    Convergência – 34%
•    Web 2.0 – 30%
•    BPM/ECM/KM – 27%

Contribuição das tecnologias para o cumprimento de metas corporativas (por categorias)

grafico02.jpg

 

 

Convenção Utilizada:
1: Irrelevante 2: Pouco Relevante 3: Relevante 4: Muito Relevante 5: Extremamente Relevante

Âmbito Tático da TI:
No âmbito tático da TI, também foram analisadas diversas questões ligadas ao seu escopo de gestão e operação, entre elas:
Substituição/evolução dos sistemas de informação

grafico03.jpg

 

O gráfico apresenta que em 2010 haverá maior concentração de investimentos em tecnologias de infraestrutura e produção, essencialmente associadas à redução de custos, ganhos de eficiência e maximização de ativos existentes.
Visão transacional da TI
• Suporte em processos transacionais e de relacionamento – 98%
• Habilitadora principal das operações da empresa – 77%
• Meio Internet será o principal meio para a TI – 71%
• TI dever ser agregadora de inteligência – 65%

Sob o ponto de vista tático, o estudo apresenta que a TI na empresa é vista como grande habilitadora transacional das operações corporativas, assumindo papel de suporte aos processos e rotinas ou, principalmente, substituindo esses processos analógicos por operações digitalizadas (ex. ERP, CRM, Supply-Chain, etc). Além disso, a Internet vem se tornando, como previsto no início da década, o principal meio de viabilização de performance das tecnologias corporativas, Para 65% dos CIOs entrevistados, a TI deve trazer consigo a obrigação de produzir inteligência para a empresa, na forma de conhecimento, dados, informações, componentes, etc

.
Envolvimento de TI na tomada de decisão do dia a dia

• A TI responde pela escolha de plataformas, padrões, tecnologias e ambientes em que as operações se viabilizarão – 83%
• A TI responde pelo dia a dia operacional da empresa – 64%
• A TI responde pelas decisões táticas, ligadas a processos e fluxos produtivos – 57%
• A TI é consultada constantemente para decisões estratégicas (parte dos comitês executivos das empresas) – 31%.

A TI na empresa tem participação altamente operacional quando se trata de decisão. Seu papel, na grande maioria dos casos, tende pelas decisões de âmbito operacional (Ex. help-desk, customer service suport, managed services, etc), pela escolha da tecnologia em si (padrões, plataformas, etc) e, em menor escala, pelas decisões estratégicas associadas a TI. Isso reforça a análise de que a TI nas empresas entrevistadas ainda apresenta baixa penetração no nível de TOP Management das empresas. Em alguns casos, movimentos de outsourcing ou mesmo a agregação de TI com outras funções, como RH, se tornam o campo decisório dos CIOs.

Outsourcing

Fatores Preponderantes na Determinação da Necessidade de Terceirização de TI
• Redução de custos (opex) em atividades não-core ou de baixo valor agregado – 49%
• Foco no core da empresa – 47%
• Aquisição de Competências e Know-how (metodologias, melhores práticas, etc) – 41%
Métricas para Aferição de Resultado pelos Serviços de Outsourcing
• SLA – 82%
• Controle de Escopo – 78%
• Avaliação dos resultados (ROI e TCO) – 61%
• Revisão constante dos processos (Maturidade, Produtividade) – 55%
Fatores Críticos de Sucesso para Implantação de Serviços Terceirizados
• Bom relacionamento com fornecedor – 69%
• Confiança – 68%
• Histórico em SLAs – 61%
• Certificações e Modelos de Gestão, Controle e Resultados – 60%

Sobre a E-Consulting Corp. (www.e-consultingcorp.com.br)

A E-Consulting® Corp., empresa do Grupo ECC, é uma Boutique de Projetos e Conhecimento 100% brasileira, especializada nos setores e práticas de TI, Internet, Mídia, Telecom e Contact Center. Líder na criação, desenvolvimento e implementação de estratégias e serviços profissionais em TI, E-Business e Comunicação Digital, a empresa atua no tripé Consultoria de Negócios, Análise e Desenvolvimento Tecnológico e Comunicação 360o., desenvolvendo projetos e soluções a partir de metodologias proprietárias, associadas às metodologias golden-standard de mercado. Formada por aproximadamente 90 profissionais multidisciplinares, com vasta experiência em bancos de investimentos, agências de publicidade, empresas de consultoria e tecnologia, seu modelo de negócios e atuação reúne somente clientes preferenciais, parcerias duradouras, metodologias comprovadas, experiências únicas, serviços exclusivos, atendimento personalizado e foco em resultados.

O Propósito Grandioso da E-Consulting® Corp. é auxiliar o Brasil a aumentar e melhorar a qualidade e autenticidade do conhecimento de negócios aqui gerado. A empresa luta diariamente para conseguir a admiração, respeito e reconhecimento de nossa sociedade, pois sabe que Seu Papel é constantemente transformar os diversos setores da economia e da sociedade, criando valor, categorias únicas e liderança, a partir do conhecimento competitivo aplicado aos negócios (Authentic Knowledge® for Business).

Os comentários estão fechados.

Scroll to Top