Mercado de varejo online em crescimento no Brasil | E-Consulting Corp.
Grupo ECC E-Consulting Corp. DOM Strategy Partners Instituto Titãs Inventures

POPULIS MARKETING DIGITAL – Março, 2016

Se você está em duvida se a sua empresa deve ou não ter uma presença online, vamos ver em números que demonstram que o mercado de varejo online está em crescimento no Brasil, com isso abrem-se mais oportunidades de negócios e sua empresa pode sim entrar na disputa por uma fatia desse mercado bastante promissor.

Em 2014 o Sebrae publicou “Um Panorama do Varejo Online no Brasil” onde afirmou:

“O varejo online no Brasil vem se consolidando, a cada ano que passa, como um novo canal de vendas que veio para ficar. Fechou 2013 com um faturamento de R$28,8 bilhões, o que representa um crescimento de 28% em relação a 2012 (dados da Ebit), uma taxa que impressiona frente ao momento atual em que, no mesmo período, o PIB brasileiro cresceu apenas 2,3% . Essa alta taxa de crescimento do varejo online brasileiro não foi ponto fora da curva e essa tendência vem ocorrendo em duplo dígito há alguns anos. Inclusive, a expectativa para o futuro não é muito diferente. Para 2014 se espera um crescimento de cerca de 26% com relação ao ano anterior, exatamente o que aconteceu no primeiro semestre com o varejo online faturando R$ 16 bilhões e, de acordo com o relatório de tendências de mercado da consultoria MarketLine, aparentemente análise conservadora, o varejo online no Brasil continuará crescendo em duplo dígito pelo menos até 2017.”

Projeção de crescimento até 2017 em Bilhões de reais:

Projecao Crescimento Varejo Online

Em 2015 o Portal Computerword publicou uma explicação de Daniel Domeneghetti, sócio fundador da E-Consulting, que afirmou:

“Neste ano de crise, ao contrário do que se pode supor, o e-commerce deve funcionar como um bom substituto de alguns modelos tradicionais porque é mais cômodo, comparativo, eficiente e, muitas vezes, mais barato. Assim, além do e-commerce padrão, ganham força modelos como C2C e redes/sites de troca, clubes de compras e novas formas de compras coletivas, modelos de assinatura, e-commerce orientado a serviço (as a service), modelos de rebate e desconto, revendas online e ofertas específicas online para portfólios de marcas mais tradicionais, dentre outros”

Então, não acha que já está na hora de sua empresa ter uma presença online e concorrer a uma fatia desse bolo? Ter um site otimizado para os mecanismos de busca, investir em marketing online, uma gestão adequada de redes sociais,  são algumas estratégias básicas que você deve considerar para iniciar uma presença online.

Se você não sabe como iniciar sua presença online entre em contato que teremos o maior prazer de ajudá-lo nessa tarefa.

Os comentários estão fechados.

Scroll to Top