Grupo ECC E-Consulting Corp. DOM Strategy Partners Instituto Titãs Inventures

Especialmente nos últimos anos temos vivenciado um momento de fortes transições e inovações no campo da comunicação. A massificação da Internet e o nascimento do fenômeno da convergência mudaram radicalmente a forma como o relacionamento ocorre entre os mais diversos tipos de atores, sejam em nas dimensões B2C, B2B, C2C, etc.

A forma de se comunicar, os canais utilizados, a capacidade de disseminação de informações, a velocidade com que uma informação vira notícia, a mudança do poder de formação de opinião para as mãos dos consumidores, assim como a mobilidade propiciada pelos dispositivos móveis são algumas dessas alterações que impactaram diretamente na forma como uma infomação deve ser passada e absorvida nos dias de hoje.

Neste contexto de mudanças e oportunidades a publicidade vem gradativamente adaptando-se à utilização e exploração das mídias e canais convergentes e móveis. A penetração de aparelhos celulares atingindo um marco de mais de 1 celular por habitante, ocupando a 5ª posição no ranking mundial no mercado de celulares mundiais e a 1ª colocação da América Latina representa um enorme potencial a ser explorado no campo da comunicação e publicidade.

Segundo estudo do Strategy Analytics, mundialmente, o mercado de mídia móvel deverá movimentar US$ 1,4 bilhão, no ano de 2010, atingindo 1/5 do gasto global com publicidade na Internet, nos próximos três anos. No Brasil, este valor deve chegar a FR 80 milhões, de acordo com estudos do XPLab da E-Consulting Corp..
Com a evolução tanto dos aparelhos celulares, do acesso à banda larga móvel, assim como da gradativa utilização mais ampla das funcionalidades disponíveis, teremos um ambiente propício para um crescimento mais agudo dos investimentos em mídia móvel, ofertando possibilidades mais elaboradas e interativas de comunicação (ex. TV Digital e Utensílios) ou mesmo utilizando-se de simples mensagens de texto ou de tecnologias como o bluetooth, todas parte do arsenal que está a disposição da criatividade e objetividade dos publicitários que se lançam neste mercado ainda embrionário.

Atualmente, as campanhas via mensagens de texto (SMS) representam a maior parcela do orçamento da publicidade móvel. Estima-se que aproximadamente 1,5 bilhão de usuários receberão publicidade via mensagem de texto neste ano.

As possibilidades de utilização do potencial da mobilidade são inúmeras. Exemplo de ação promocional simples e alto impacto foi a que fez o Hard Rock Café em São Francisco, que lançou mão de uma campanha de marketing móvel que utilizava a tecnologia Bluetooth para convidar as pessoas a uma visita à loja. Todos os consumidores que passavam pela área delimitada pelo Bluetooth no Pier 39, um ponto turístico comercial da cidade de São Francisco, recebiam um convite, com endereço da loja, para irem até o Hard Rock Café mais próximo. Caso o consumidor aceitasse o convite, receberia um vídeo com conteúdo da marca e um cupom móvel (mobile coupon), que dava direito a um desconto especial no café.

Uma das características que diferencia o marketing móvel do tradicional é a sua característica de unir a capacidade de personalização e de mensuração da Web com a capacidade de acesso anytime, anywhere da telefonia celular.

Se capaz de unir personalização e adequação do conteúdo relevante, no timing correto de interagir com o cliente certo, sem barreiras geográficas, é uma prerrogativa mercadológica fundamental que certamente diferenciará quem terá ou não sucesso no mundo da comunicação convergente e móvel

Os comentários estão fechados.

Scroll to Top