Grupo ECC E-Consulting Corp. DOM Strategy Partners Instituto Titãs Inventures

A NOTÍCIA – João Monlevade – MG – Março, 2016

Na tentativa de impulsionar as vendas neste início de ano, o comércio eletrônico faz uma espécie de Black Friday fora de época. O mote é o Dia do Consumidor, comemorado na última terça-feira. A iniciativa é liderada pelos sites Buscapé e Mercado Livre, duas plataformas de comércio eletrônico. Os descontos envolvem eletrônicos, eletrodomésticos, informática e decoração.

No Buscapé, as promoções tiveram início na primeira hora de ontem. A liquidação envolve 650 lojas, entre as quais estão grandes varejistas do comércio virtual, como B2W e CNova. No Mercado Livre, a promoção começou na segunda-feira e vai até 23 de março. São cerca de 350 lojas participantes, e a promessa é de descontos de até 70% em alguns itens.

O objetivo é tentar impulsionar o comércio. Com a forte recessão, o setor está em baixa. Em janeiro, as vendas do varejo caíram 10,3% na comparação com o mesmo mês do ano anterior. Foi o pior resultado para o mês desde o início da série da Pesquisa Mensal de Comércio, em 2001.

Em novembro, mês da Black Friday, o comércio conseguiu esboçar reação por causa da campanha. Na época, as vendas no varejo surpreenderam os analistas e tiveram alta de 1,5% na comparação com outubro.

Previsão ruim. A E-Consulting prevê que, pela primeira vez em 12 anos, haverá queda nas transações no comércio eletrônico brasileiro, que deve registrar e m 2016 um volume de R$ 62,4 bilhões. Caso confirmada a previsão, haverá redução de 2,35% em relação a 2015. Segundo a E-Consulting, a queda nas vendas está intimamente ligada à retração na economia, mas sofre influência também das novas regras do ICMS no comércio eletrônico.

Os comentários estão fechados.

Scroll to Top