Grupo ECC E-Consulting Corp. DOM Strategy Partners Instituto Titãs Inventures

InfoMoney – Janeiro, 2014
Se você pudesse escolher o melhor site de autosserviço qual seria a sua opção? Uma pesquisa realizada pela E-Consulting, encomendada pela Revista Consumidor Moderno, mostra que o site do Itaú-Unibanco é o melhor do Brasil quando se trata de oferecer recursos para o usuário.

Apesar disso, o levantamento se mostrou preocupante, pois as páginas foram avaliadas como regulares quanto a maneira como as plataformas digitais foram desenvolvidas. O site que lidera o ranking, por exemplo, teve uma pontuação média de 3,75.

A pesquisa contou com a participação de 20 internautas, que visitaram os 65 sites avaliados durante 60 dias (de agosto a outubro de 2013) e examinaram todos os critérios continuamente, atribuindo notas a cada um deles. Veja abaixo a lista dos melhores sites e suas notas:

Confira os 10 Melhores sites de Autosserviço no Brasil

Itaú-Unibanco lidera ranking dos sites de autosserviço

A partir de hoje o limite mínimo de velocidade da internet é de 70%

Site permite fazer financiamentos coletivos de casamento e viagens

Lista de sites não recomendados pelo Procon já reúne mais de 300 endereços

Empresas Pontuação
Fonte: E-Consulting
Itaú-Unibanco 3.75
Extra 3.62
Pão de Açúcar 3.62
Netshoes 3.5
Vivo 3.5
Americanas 3.37
Livraria Cultura 3.37
Magazine Luiza 3.37
Azul 3.25
Decolar.com 3.25

Considerando somente os sites transacionais como, bancos, e-commerce e seguradoras, a pesquisa considerou oito critérios essenciais para a análise, sendo eles usabilidade; acessibilidade ao conteúdo; resolutividade/suporte à decisão; colaboração do usuário; integração entre usuários; confiabilidade e funcionalidades de autosserviços e atendimento/integração com SAC/SAC Online.

Segundo o especialista internacional em relações de consumo e varejo, Roberto Meir, não foi avaliado o quesito reclamação. “Buscamos entender e mostrar o que faz de um site uma boa ferramenta de relacionamento por meio da capacidade dele oferecer uma navegação simples, inteligível, lógica e amigável ao cliente.”

Meir ainda chamou atenção para as baixas pontuações nos critérios integração e colaboração entre os usuários. “Alguns sites até disponibilizam links para as redes sociais, mas não existe uma preocupação em operacionalizar relacionamentos mais profundos e intensos, fóruns ou qualquer outro tipo de interação”, afirma o especialista.

Os comentários estão fechados.

Scroll to Top