Grupo ECC E-Consulting Corp. DOM Strategy Partners K4B Instituto Titãs Inventures Ajudinha

Conheça Nossos Estudos

Solicite aqui uma apresentação In-Company no formato de Reunião, Workshop ou Palestra sobre nossos Indicadores, Estudos Setoriais, Estudos de Práticas e Tecnologias ou Coleções do Conhecimento.

Cluster Contact Center

BPO Brasil: o Modelo Call Center, Infra-Estrutura e TI Funciona?

Objetivo

Prática consagrada nos principais pólos tecnológicos do mundo, o BPO é um modelo de negócio que ainda não caiu nas graças do mercado brasileiro, seja pela pouca tradição em atividades consideradas estratégicas por muitas empresas – com exceção para o atendimento, relacionamento, TI e Finanças, principais focos de BPO nacional– seja pela baixa maturidades dos prestadores de tais serviços. Compreender as travas e propor alternativas de ação para este contexto é o objetivo deste estudo.

A Quem se Destina

CEO, VPs, Diretores, Gerentes e Analistas de Planejamento Estratégico, Comercial, Operação, Recursos Humanos, Linhas de Serviços, etc das empresas de BPO, Contact Center ou empresas relacionadas e profissionais que trabalham com TI, Mídia, Internet e Telecom.

Benefícios

  • Compreensão dos modelos e realidades internacionais e suas características e estratégias de sucesso
  • Insumo qualificado para desenvolvimento de estratégias de diferenciação e exploração de novos mercados
  • Visão das novas tendências de reordenação do mercado

Estrutura de Conteúdo

  1. Overview BPO Mundo e BPO Brasil: Dados, Fatos, Cases, Números, Tendências
  2. Análise de Cases e Benchmarks Internacionais
  3. Fatores Críticos de Sucesso e Diretrizes de Atuação
  4. BPO Brasil: Confrontamento com a Realidade Emergente
  5. Setores Contratantes X Modelos de BPO
  6. Lições para o BPO Brasil
  7. Conclusões e Recomendações
Customer Management Centers e as CCNs: a Evolução dos Contact Centers

Objetivo

O presente estudo tem o objetivo de analisar as tendências de relacionamento que irão redesenhar os modelos de negócio e atuação das empresas do setor de Contact Center e setores relacionados e seus impactos em relação à estratégia, processos, tecnologias, abordagens comerciais e demais variáveis de relevância nas empresas e rede de valor do setor.

A gestão das interações com clientes (ligações, contatos, e-mails, etc) deixará de ser o único foco das atividades e processos de relacionamento e atendimento. O setor já indica, através de iniciativas cada vez mais significativa, que os conceitos como Customer Centricity e Visão 360º, mais as Customer Cares Networks (CCNs ou Contact Center 2.0) levarão o cliente ao centro da atividade das empresas de Contact Center.

A Quem se Destina

CEO, VPs, Diretores, Gerentes e Analistas de Planejamento Estratégico, Comercial, Operação, Recursos Humanos, Linhas de Serviços, etc das empresas de Contact Center ou empresas do setor. Contratantes e empresas com operações cativas. Profissionais que trabalham com TI, Mídia, Internet e Telecom.

Benefícios

  • Aprofundamento na tendência do Customer Management Center, que irá orientar o mercado nos próximos ciclos.
  • Análise dos impactos na estrutura corporativa, na cultura, nas operações e atividades de Contact Center.
  • Possibilidade de antecipação e planejamento prévio e de contingência para os movimentos futuros do mercado.

Estrutura de Conteúdo

  1. Análise Histórica (Macro e Micro) do Setor: Visão Comportamental
  2. Status Quo: Desafios e Oportunidades Atuais
  3. O Benchmarking Internacional: Por que os modelos internacionais não são mais a referência a ser seguida?
  4. Customer Management Center: a Solução como Novo Modelo de Negócio. Descomoditização e Diferenciação
  5. Origens, Impactos e Consequências: Detalhamento de Alternativas para o Novo Modelo
  6. Conclusões e Recomendações para empresas de Contact Center, Contratantes e Operações Cativas
Análise Setorial de Mercado Contact Center 2015/2016: Market Intelligence

Objetivo

Mantendo a tradição de principal analista e estrategista do setor de Contact Center, a E-Consulting Corp. vem, através deste estudo, dar continuidade à série de estudos setoriais, agregando uma visão única sobre o panorama atual do relacionamento empresas-clientes. Nesta edição de 2015, agregamos uma camada expressiva de informações estruturadas a partir de nossos processos de Inteligência de Mercado, disponibilizando bases de dados primárias e secundárias aos patrocinadores.

A Quem se Destina

CEO, VPs, Diretores, Gerentes e Analistas de Planejamento Estratégico, Comercial, Operação, Recursos Humanos, Linhas de Serviços, etc das empresas de Contact Center ou empresas do setor. Contratantes e empresas com operações cativas. Profissionais que trabalham com TI, Mídia, Internet e Telecom.

Benefícios

  • Compreensão das vertentes e tendências competitivas do setor e de comportamento da demanda (contratantes e clientes).
  • Análise dos impactos na estrutura corporativa, na cultura, nas operações e atividades de Contact Center.
  • Possibilidade de antecipação e planejamento prévio e de contingência para os movimentos futuros do mercado.

Estrutura de Conteúdo

  1. Análise Histórica do Setor de Contact Center
  2. Análise Variáveis Macro de Impacto: Dados, Fatos, Cases, Números, Tendências
  3. Análise Competitiva (Mercados Compradores, Linhas de Oferta, Principais Players)
  4. Offshore C. Center
  5. Desafios e Oportunidades Atuais
  6. Conclusões e Recomendações para Empresas de Contact Center, Contratantes e Operações Cativas
Potencial de Mercado 2015/2016: Linhas de Serviço SAC, TLVDs, RC, Apoio a Campo, Trade Services e Serviços B2B

Objetivo

Informação qualificada em nível estratégico, tático e operacional para a tomada de decisão em cada uma das principais linhas de serviço atuais do setor de Contact Center. Com esta proposta, o estudo Potencial de Mercado 2015-2016 disponibilizará os insumos necessários para que os profissionais responsáveis pelo sucesso de cada linha de oferta encontrem os melhores caminhos e soluções em termos de competitividade comercial, diferenciação mercadológica e resultados corporativos.

A Quem se Destina

CEO, VPs, Diretores, Gerentes e Analistas de Planejamento Estratégico, Comercial, Operação, Recursos Humanos, Linhas de Serviços, etc das empresas de Contact Center ou empresas do setor e e profissionais que trabalham com TI, Mídia, Internet e Telecom.

Benefícios

  • Estimativa de demanda e tamanho de mercado para cada uma das linhas de serviço analisadas
  • Indicação das estruturas de oferta e soluções com maior propensão de sucesso (frente às necessidades dos diversos perfis de clientes.

Estrutura de Conteúdo

  1. Premissas e Variáveis de Análise: Dados, Fatos, Cases, Números, Tendências
  2. Potencial de Mercado SAC, TLVDs, RC, Apoio a Campo, Trade Services e Serviços B2B
  3. Estratégias, Abordagens, Modelos e Diferenciais por Linha de Oferta.
  4. Potencial das Ofertas por Setor Vertical. Modelos de Serviços e Modelos de Contratações
  5. Os Atuais Serviços do Contact Center e as Novas Mídias e Canais
  6. O Consumidor 2.0 e os Serviços de Contact Center
  7. Conclusões e Recomendações para Empresas de Contact Center, Contratantes e Operações Cativas

Cluster TI

B2B e as Cadeias de Valor: Oportunidades para Empresas de Serviços Profissionais

Objetivo

Apesar do baixo nível de colaboração nas cadeias de valor e lenta inclusão digital das micro e pequenas, as oportunidades de empresas utilizam as práticas de B2B Online para ganhos de performance, redução de custos, otimização de processos e gerenciamento da informação em práticas transacionais (compra, vendas, estoques, logística, etc) é significativo o suficiente para projetar um crescimento para este mercado em 2015 e seguintes. Compreender a dinâmica deste,que é um dos principais mercados online do futuro, é o foco deste estudo.

A Quem se Destina

CEOs; CFOs; CIOs; VPs e Diretores de TI, Infra-Estrutura e Shared Services; Gerentes de TI, Mídia, Conectividade, Internet, Telecom, Infra-Estrutura; CEOs; VPs e Diretores de Empresas Produtoras, Desenvolvedoras e Fornecedoras de Serviços, Produtos e Conteúdo baseados em TI, Mídia, Internet e Telecom; analistas, arquitetos, pesquisadores, inovadores, reguladores, acadêmicos e profissionais que trabalham com TI, Mídia, Internet e Telecom.

Benefícios

  • Estimativa de demanda e tamanho de mercado para cada uma das principais categorias e ambientes
  • Entendimento dos modelos e negócio decorrentes da atuação em cadeias de valor nos diferentes setores da economia
  • Compreensão da dinâmica do mercado e fatores críticos de sucesso para a operação de B2B Online

Estrutura de Conteúdo

  1. Overview do B2B no Brasil: Dados, Fatos, Cases, Números, Tendências
  2. Modelando as Cadeias de Valor por Setor da Economia
  3. Premissas e Variáveis de Análise por Setor da Economia (Vertical) e por Cadeia de Valor (Horizontal)
  4. Potencial de Mercado (Segmentos, Mercados, Cadeias de Valor, Perfis de Clientes, Contratantes)
  5. Gaps e Oportunidades para BPO e ITO por elo de cada Setor e cada Cadeia Horizontal de Valor analisada
  6. Estratégias, Abordagens, Modelos por Oportunidade Mapeada nas chamadas Cadeias-Estrela.
  7. Conclusões e Recomendações Go To Market
Investimentos em TI e Análise de Mercado ITO

Objetivo

O setor de TI ganha, a cada novo ciclo, maior representatividade no PIB nacional e atenção das esferas governamentais, que através da criação de novos programas de incentivos e desregulamentações buscam fomentar o crescimento do setor. Compreender a atuação e perspectiva das variáveis macro e micro chave para o aumento dos investimentos públicos e privados, de capital nacional ou estrangeiro, em TI e, particularmente em ITO, é o objetivo deste estudo.

A Quem se Destina

CEOs; CFOs; CIOs; VPs e Diretores de TI, Infra-Estrutura e Shared Services; Gerentes de TI, Conectividade, Internet, Telecom, Infra-Estrutura, Segurança da Informação e Governança de TI, analistas e arquitetos de TI, acadêmicos e profissionais que trabalham com TI.

Benefícios

  • Identificação das fontes e destinos dos investimentos em tecnologia e outsourcing de TI
  • Percepção dos direcionadores de crescimento do setor e principais players
  • Insumo para planejamento estratégico e comercial

Estrutura de Conteúdo

  1. Análise Macro e Micro do Setor de Tecnologia e ITO: Dados, Fatos, Cases, Números, Tendências
  2. Identificação das Origens dos Investimentos e Despesas: detalhamento e análise
  3. Identificação dos Destinos dos Investimentos e Despesas: detalhamento e análise
  4. Breakdown dos Investimentos por Setor da Economia e por Padrão/Perfil/Finalidade da Tecnologia
  5. Tendências, Projeções e Estimativas por Quadrantes de Valor
  6. ITO X BPO: Potenciais, Sinergias, Integração
  7. Conclusões e Recomendações
Raio X da TI nas Empresas e a Visão do CIO

Objetivo

A digitalização de processos e práticas corporativas é fator essencial para a competitividade das empresas na nova dinâmica dos mercados. Para que obtenham competitividade e diferenciação, as médias e grandes empresas terão que se manter na vanguarda das possibilidades de TI. Entender as práticas e alternativas que fazem a cabeça dos CIOs, hoje e amanhã, é a tarefa central deste estudo.

A Quem se Destina

CEOs; CFOs; CIOs; VPs e Diretores de TI, Infra-Estrutura e Shared Services; Gerentes de TI, Conectividade, Internet, Telecom, Infra-Estrutura, Segurança da Informação e Governança de TI, analistas e arquitetos de TI, acadêmicos e profissionais que trabalham com TI.

Benefícios

  • Identificação do nível de maturidade corporativa da TI, por segmento de mercado e perfil de empresa.
  • Apresentação das principais oportunidades comerciais em TI para 2015-2016
  • Insumo para planejamento estratégico e comercial

Estrutura de Conteúdo

  1. Os Desafios dos CIOs (pesquisa com mais 250 CIOs das 1000 maiores empresas) – O Futuro da TI nas Empresas, Governança, Gestão,
  2. Valor da TI, Tecnologias Quentes, Mitos e Verdades, Propensões de Aquisição, Concentração Orçamentária, etc.
  3. Modelos e Vertentes de Adoção de Tecnologias nas Empresas
  4. Análise de Adoção da TI: Segmentos, Soluções e Perfil de Empresas
  5. Principais Entraves e Aceleradores de Adoção. O Futuro das Compras de TI (Serviços, Produtos, Software)
  6. Conclusões e Recomendações
CRM N.0 2015-2016

Objetivo

A evolução que o CRM tradicional – interfaces de processos, serviços e tecnologia de relacionamento empresa-cliente unidimensionais – encontra com o advento de funcionalidades e ambientes 2.0, com a mudança de atitude e potencialização de acesso à informação dos clientes e com a abertura das culturas corporativas a conceitos como Customer Centricity e Visão 360º será significativa para o crescimento do mercado de soluções em 2015 e nos próximos anos.

A Quem se Destina

CEOs; CFOs; CIOs; VPs e Diretores de TI, Infra-Estrutura e Shared Services; Gerentes de TI, Conectividade, Internet, Telecom, Infra-Estrutura, Segurança da Informação e Governança de TI, analistas e arquitetos de TI, acadêmicos e profissionais que trabalham com TI.

Benefícios

  • Compreensão das tendências e conceitos que orientarão o relacionamento e interação com clientes
  • Identificação de melhores práticas, ferramentas e soluções de CRM para 2015-2016
  • Disponibilização de roadmap estruturado para a tomada de decisão e implementação corporativa do CRM

Estrutura de Conteúdo

  1. Análise Macro e Micro do Mercado: Dados, Fatos, Cases, Números, Tendências
  2. Tendências e Conceitos de Relacionamento e Customer Care
  3. Consumidor 2.0, Web 2.0, Redes Sociais e Colaborativas
  4. Segmentação X Clusterização. CRM X Marketing. CRM X Branding
  5. Melhores Práticas, Ferramentas e Soluções de CRM para 2015-2016
  6. CRM Multicanal, Multimídia, Multiformato, Multistakeholder: Modelos, Estratégias, Abordagens
  7. Roadmap de Gestão e Análise de Valor do CRM: Valor do Cliente, Customer Life Cycle, Visão 360, Customer Centricity
  8. Conclusões e Recomendações
Mobilidade e Convergência nos Negócios

Objetivo

A convergência e mobilidades configuram o novo paradigma pelo qual os principais setores da economia terão de enfrentar. Uma verdadeira revolução estrutural, impulsionada pelo barateamento e crescente adoção de novas tecnologias, descentralização da geração de informações e potencialização da colaboração remota entre usuários, que abrirá novos mercados e oportunidades de crescimento para as empresas e prestadores de serviços correlacionados aos conceitos de mobilidade e convergência.

A Quem se Destina

CEOs; CFOs; CIOs; VPs e Diretores de TI, Infra-Estrutura e Shared Services; Gerentes de TI, Conectividade, Internet, Telecom, Infra-Estrutura, Segurança da Informação e Governança de TI, analistas e arquitetos de TI, acadêmicos e profissionais que trabalham com TI.

Benefícios

  • Análise das tendências, oportunidades e ameaças, particularizadas para o mercado brasileiro
  • Proposição de soluções e alternativas estratégicas únicas
  • Diagrama de inclusão corporativa nos modelos de mobilidade e convergência

Estrutura de Conteúdo

  1. Análise de Tendências Mundo e Brasil: Dados, Fatos, Cases, Números, Tendências
  2. Cenário da Concorrência, Players, Estratégias, Alternativas
  3. Origens, Impactos e Consequências: Detalhamento do Novo Modelo de Atuação Móvel e Convergente
  4. Desafios e Oportunidades Atuais por Setor, por Modelo de Negócio e por Tecnologia
  5. Modelos de Adoção e Implementação Corporativa por Setor e Natureza de Empresa
  6. Análise do Impacto nas Cadeias de Valor
  7. Conclusões e Recomendações
Redes Sociais e as Novas Tecnologias: Gestão, Comunicação, Relacionamento e Conhecimento

Objetivo

Inovação. Se nos aventurarmos a explicar seu significado, dificilmente deixaremos de orbitar nas práticas, produtos, resultados e consequências derivadas da Inovação, especificamente daquela gerada pela Tecnologia da Informação (TI). Ainda mais quando tratamos de seu impacto e potencialidades nas atividades de Gestão, Comunicação, Relacionamento e Conhecimento das corporações, que são analisados em detalhe neste estudo.

A Quem se Destina

CEOs; CFOs; CIOs; VPs e Diretores de TI, Infra-Estrutura e Shared Services; Gerentes de TI, Conectividade, Internet, Telecom, Infra-Estrutura, Segurança da Informação e Governança de TI, analistas e arquitetos de TI, acadêmicos e profissionais que trabalham com TI.

Benefícios

  • Entendimento estruturado das novas tecnologias e conceitos e seus impactos e resultados
  • Identificação das inovações incrementais e previsão de inovações de ruptura
  • Diagnóstico corporativo (por setores)

Estrutura de Conteúdo

  1. Overview das Novas Tecnologias Promissoras (2 anos, 5 anos, 10 anos)
  2. Análise de Cases e Benchmarks Internacionais
  3. Novas Tecnologias Brasil: Confrontamento com a Realidade Emergente
  4. Players, Cases e Modelos Possíveis no Mercado Nacional. Breakdown Setorial e por Tamanho/Natureza de Empresa
  5. Benefícios, Diferenciais e Oportunidades de Aplicação e Investimento por Tecnologia
  6. Fatores Críticos de Sucesso e Diretrizes de Adoção e Investimentos por Setor
  7. Conclusões e Recomendações

Cluster Telecom

Análise Setorial Telecom 2015-2016

Objetivo

Mantendo a tradição de principal analista e estrategista do setor de Telecom, a E-Consulting Corp. vem, através deste estudo, dar continuidade à série de estudos setoriais, agregando uma visão única sobre o panorama atual de Telecom. Nesta edição de 2015, trazemos uma profunda visão do impacto da popularização da Banda Larga Móvel e da convergência com novas mídias, que irão mudar radicalmente a perspectiva das empresas do setor, de operadoras de planos pré-pagos de baixa margem para gestoras de conteúdo e SVAs.

A Quem se Destina

CEOs; CFOs; CIOs; VPs e Diretores de TI, Infra-Estrutura e Shared Services; Gerentes de TI, Mídia, Conectividade, Internet, Telecom, Infra-Estrutura; CEOs; VPs e Diretores de Empresas Produtoras, Desenvolvedoras e Fornecedoras de Serviços, Produtos e Conteúdo baseados em TI, Mídia, Internet e Telecom; analistas, arquitetos, pesquisadores, inovadores, reguladores, acadêmicos e profissionais que trabalham com TI, Mídia, Internet e Telecom.

Benefícios

  • Compreensão das vertentes e tendências competitivas do setor e de comportamento da demanda.
  • Análise das tendências, oportunidades e ameaças, particularizadas para o mercado brasileiro

Estrutura de Conteúdo

  1. Análise Variáveis Macro de Impacto: Dados, Fatos, Cases, Números, Tendências
  2. Análise Competitiva (Mercados, Linhas de Oferta, Players, Perfis de Usuários, etc)
  3. O Futuro da Indústria: Tecnologias, Mobilidade, Convergência
  4. A Nova Telecom: Serviços de Valor Agregado, Infra-Estrutura, Novos Modelos e Estruturas
  5. Desafios e Oportunidades Atuais
  6. Conclusões e Recomendações

Cluster Mídia

Redes Sociais e as Novas Mídias nos Negócios: Multicanalidade, Presença e Reputação

Objetivo

Clientes e consumidores hoje estão em qualquer (e em todos) lugares ao mesmo tempo. Com o surgimento de novas mídias, a capilaridade exigida para uma empresa disseminar sua mensagem de forma eficiente e assertiva aumenta e a atuação de forma sinérgica em multicanais é prerrogativa. Compreender o impacto e possibilidades de ação para as empresas, decorrentes das novas mídias é o foco deste estudo.

A Quem se Destina

CEOs; CFOs; CIOs; VPs e Diretores de TI, Infra-Estrutura e Shared Services; Gerentes de TI, Mídia, Conectividade, Internet, Telecom, Infra-Estrutura; CEOs; VPs e Diretores de Empresas Produtoras, Desenvolvedoras e Fornecedoras de Serviços, Produtos e Conteúdo baseados em TI, Mídia, Internet e Telecom; analistas, arquitetos, pesquisadores, inovadores, reguladores, acadêmicos e profissionais que trabalham com TI, Mídia, Internet e Telecom.

A Quem se Destina

CEOs; CFOs; CIOs; VPs e Diretores de TI, Infra-Estrutura e Shared Services; Gerentes de TI, Mídia, Conectividade, Internet, Telecom, Infra-Estrutura; CEOs; VPs e Diretores de Empresas Produtoras, Desenvolvedoras e Fornecedoras de Serviços, Produtos e Conteúdo baseados em TI, Mídia, Internet e Telecom; analistas, arquitetos, pesquisadores, inovadores, reguladores, acadêmicos e profissionais que trabalham com TI, Mídia, Internet e Telecom.

Benefícios

  • Oferecer um raio-x estruturado do impacto e oportunidades decorrentes das novas mídias
  • Compreender o impacto e possibilidades de ação para as empresas, decorrentes das novas mídias.
  • Disponibilização de roadmap para a tomada de decisão e adoção corporativa de novas mídias

Estrutura de Conteúdo

  1. Overview Novas Mídias nos Negócios: Dados, Fatos, Cases, Números, Tendências
  2. Multicanalidade no Brasil: Conjuntura, Perspectivas, Metodologias, Estratégias, Referências, Cases
  3. Modelos e Possibilidades com Redes Sociais, Comunidades, SEO/SEM, Social Media
  4. Novas Mídias no Brasil: Confrontamento com a Realidade Emergente
  5. Presença e Reputação Online para Emrpesas
  6. Análise Setorial: Oportunidades, Tendências, Aplicações – Cases Nacionais e Internacionais
  7. Fatores Críticos de Sucesso e Diretrizes de Atuação
  8. Roadmap de Adoção de Novas Mídias por Setor e por Natureza de Empresas
  9. Conclusões e Recomendações

Cluster Digital

Varejo Online

Objetivo

A Web será uma das principais plataformas comerciais dos próximos anos. Em 2015, o varejo B2C deverá movimentar perto de R$ 40 bilhões e estima-se que mantenha o patamar de 18% de CAGR. Um mercado atrativo o suficiente para não ser ignorado pelo radar de empresas e investidores, que é analisado em profundidade neste estudo.

A Quem se Destina

CEOs; CFOs; CIOs; VPs e Diretores de TI, Infra-Estrutura e Shared Services; Gerentes de TI, Mídia, Conectividade, Internet, Telecom, Infra-Estrutura; CEOs; VPs e Diretores de Empresas Produtoras, Desenvolvedoras e Fornecedoras de Serviços, Produtos e Conteúdo baseados em TI, Mídia, Internet e Telecom; analistas, arquitetos, pesquisadores, inovadores, reguladores, acadêmicos e profissionais que trabalham com TI, Mídia, Internet e Telecom.

Benefícios

  • Estimativa de demanda e tamanho de mercado para cada uma das principais categorias e setores da economia
  • Compreensão da dinâmica do mercado e fatores críticos de sucesso para a operação de Varejo Online
  • Análise dos ciclos de e-commerce, modelos possíveis, perfis de clientes, tendências

Estrutura de Conteúdo

  • Análise do Varejo Online e Modelos Vigentes: Dados, Fatos, Cases, Números, Tendências
  • Premissas e Variáveis de Análise
  • Potencial de Mercado e Oportunidades por Segmentos, Mercados, Perfis de Clientes
  • E-Commerce 2.0 X Consumidor 2.0
  • Projeções e Estimativas por Mercados, Setores e Segmentos
  • Conclusões e Recomendações
Publicidade e Relacionamento Online

Objetivo

Existem atualmente mais 85 milhões de usuários de Internet no Brasil, o que torna a Internet uma mídia de significativo impacto.

Neste contexto, a publicidade online carrega grandes perspectivas no curto e no médio prazo, uma vez que, em 2015, atingirá seu ponto de inflexão iniciando um ciclo de crescimento a taxas 3 vezes superiores às demais mídias (24,8% CAGR 2009-15).

As ferramentas colaborativas que caracterizam a Web 2.0 permitiram às empresas a utilização da mídia participativa para entrada disruptiva em práticas únicas de relacionamento online. Compreender este novo paradigma é função deste estudo.

A Quem se Destina

CEOs; CFOs; CIOs; VPs e Diretores de TI, Infra-Estrutura e Shared Services; Gerentes de TI, Mídia, Conectividade, Internet, Telecom, Infra-Estrutura; CEOs; VPs e Diretores de Empresas Produtoras, Desenvolvedoras e Fornecedoras de Serviços, Produtos e Conteúdo baseados em TI, Mídia, Internet e Telecom; analistas, arquitetos, pesquisadores, inovadores, reguladores, acadêmicos e profissionais que trabalham com TI, Mídia, Internet e Telecom.

Benefícios

  • Disponibilização de análise de mercado e estimativas de crescimento, com quebras por finalidade e submercado
  • Apresentação das oportunidades de exploração do mercado de Publicidade e Relacionamento Online

Estrutura de Conteúdo

  1. Análise de Tendências Mundo e Brasil: Dados, Fatos, Cases, Números, Tendências
  2. Origens, Impactos e Consequências: Detalhamento dos Novos Modelos de Atuação em Publicidade e Relacionamento Online
  3. Desafios e Oportunidades Atuais / Modelos Corporativos Possíveis Publicidade e Relacionamento Online 2.0
  4. Projeções e Estimativas por Mercados e Setores
  5. Conclusões e Recomendações
Investimentos Corporativos na Web e no Mundo Digital

Objetivo

A onda colaborativa da Internet criou uma nova revolução nos negócios. Participar deste jogo não é uma possibilidade: os stakeholders estão em contato e interagindo nos diversos ambientes online – seja em prol ou contra – à revelia das empresas.

Compreender variáveis, oportunidades e riscos que impulsionam os investimentos corporativos em Internet é o objetivo deste estudo.

A Quem se Destina

CEOs; CFOs; CIOs; VPs e Diretores de TI, Infra-Estrutura e Shared Services; Gerentes de TI, Mídia, Conectividade, Internet, Telecom, Infra-Estrutura; CEOs; VPs e Diretores de Empresas Produtoras, Desenvolvedoras e Fornecedoras de Serviços, Produtos e Conteúdo baseados em TI, Mídia, Internet e Telecom; analistas, arquitetos, pesquisadores, inovadores, reguladores, acadêmicos e profissionais que trabalham com TI, Mídia, Internet e Telecom.

Benefícios

  • Identificação das fontes e destinos dos investimentos corporativos em Internet
  • Percepção dos direcionadores de crescimento do setor e principais players
  • Insumo para planejamento estratégico e comercial

Estrutura de Conteúdo

  1. Análise Macro e Micro do Mercado de Internet: Dados, Fatos, Cases, Números, Tendências
  2. Identificação das Origens dos Investimentos por Tipo de Empresa, Setor, Tamanho, Região, Modelo de Negócio, etc:.
  3. Detalhamento e Análises Aprofundadas de Tecnologias, Padrões, Plataformas, Modelos Operacionais
  4. A Internet e a Convergência. A Internet e a Mobilidade. A Web 2.0. A Internet nas Cadeias de Valor
  5. Identificação dos Destinos dos Investimentos por Tecnologia, Plataforma, Finalidade, etc. : Detalhamento e Análise
  6. Projeções e Estimativas por Setor, Segmento e Mercado
  7. Conclusões e Recomendações
Scroll to Top