Grupo ECC E-Consulting Corp. DOM Strategy Partners Instituto Titãs Inventures

Portal Instituto Telecom – Julho, 2013

O estudo divulgado pela E-consulting sobre contact centers afirma que nos últimos anos o setor de contact center migrou para outras regiões do País, e tem ganhado espaço na região Nordeste, que cresceu de 3,5%, em 2009,  para 12,5% em 2013.
Enquanto isso, São Paulo tem perdido espaço, e a representatividade da região caiu em média 5% no último ano. Fator que pode ser explicado pelo alto custo de vida na megalópole. “Na capital paulista predominam os maiores custos de pessoal, metro quadrado, salário, infraestrutura e conectividade”, afirma o estudo.

Mesmo com o movimento migratório, o Sudeste do País ainda concentra o maior número de operações, representando 58% do mercado. As regiões Sul e Nordeste correspondem, respectivamente, a 19,5% e 12,5% do setor de Contact Center e os menores percentuais de participação estão o Centro Oeste e o Norte do Brasil, com 8,7%, e 1,3%, cada.

Para o ano de 2013, no entanto, a projeção é que o número de funcionários totais trabalhando nos Contact Centers aumente em 11,62%, o que corresponde a 1,84 milhão de pessoas empregadas, o que configura o setor como um dos maiores geradores de empregos do País.

Em relação aos cargos encontrados neste segmento, despontam entre os mais bem pagos, com posições de Gerente de Tecnologia e Gerente Comercial, com salários bases de R$ 9,15 mil e R$ 6,47 mil. Já o cargo de operador de telemarketing tem a menor remuneração do setor, e o profissional ganha, em média, R$ 706 por mês.

Os comentários estão fechados.

Scroll to Top